A LUTA E O PROTESTO
ESTARÃO À ALTURA DA AFRONTA


O Ministro da Economia anunciou hoje na Assembleia da República a cobrança de portagens na A25, A23 e A24, até ao final do mês de Outubro.

Trata-se de uma enorme afronta àqueles que vivem e trabalham nos distritos de Viseu, Castelo Branco, Guarda e Vila Real. Uma afronta porque o Governo sabe que não existem vias alternativas àquelas auto-estradas. O Governo sabe que a cobrança de portagens nas auto-estradas A25, A23 e A24 acrescentará grandes dificuldades às empresas desta vasta região e levará muitos trabalhadores ao desemprego. O Governo sabe que a curto e médio prazo esta decisão implicará uma significativa redução da cobrança de impostos e aumentará a despesa no pagamento de apoios sociais, nomeadamente no que respeita ao subsídio de desemprego.

O Governo decidiu afrontar as gentes desta região.

 A luta e o protesto das gentes desta vasta região estarão à altura da afronta.

 “Sei que Vosselências ignoram-no, mas eu posso garantir-lhes: o serrano, que os senhores se propõem imolar nas aras dum pretendido progresso, é um misto de desespero, orgulho, mansidão, meio lobo, meio carneiro, (…)” . Aquilino Ribeiro. Quando os Lobos Uivam.1958

 

Notícias datadas de 2004

 Marcha-lenta contra as Portagens entupiu o IP5 durante duas horas

Duas horas e treze minutos para percorrer 23 quilómetros. A marcha lenta que ontem entupiu o IP5 >>>>

Espero que a Assembleia da República discuta a petição e que os deputados eleitos na região tenham a coragem de pôr à frente de tudo os interesses das pessoas que os elegeram", exortou Francisco Almeida

Assembleia Municipal de Viseu aprova moção contra as portagens no IP5 e IP3

A Assembleia Municipal de Viseu aprovou no dia 27 de Setembro, por unanimidade, uma moção contra a eventual cobrança de portagens nos Itinerários Principais (IP) 3 e 5, que servem o concelho

Ver todas as notícias

Sugestões e comentários para webmaster