Lusa
Porto, 22 Junho’10

A introdução de portagens em três concessões sem custos para o utilizar (SCUT) foi notícia nos jornais galegos, que defendem que “as novas portagens portuguesas prejudicam a Galiza” e que “vão ser uma barreira ao turismo”.

“As novas portagens portuguesas prejudicam a Galiza” é o título de uma notícia do jornal La Voz de Galicia, que escreve que “as vias rápidas do norte, até agora gratuitas, vão ter portagem” enquanto “surpreendentemente, nem a área de Lisboa nem a pujante zona turística do Algarve vão ser afectadas por esta taxa”.

Segundo o diário galego, “são os habitantes da zona norte do país, os mais castigados pela crise, que mais contribuem para a necessidade de receitas dos cofres públicos”, realçando que os galegos que se deslocam a Portugal para voar desde o aeroporto Francisco Sá Carneiro ou passar férias vão ser igualmente prejudicados.

La Voz de Galicia entrevistou o presidente da Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo (APHORT) que considera que a introdução de portagem nas SCUT “vai ser uma barreira ao turismo galego que optará por destinos onde não há esta confusão”.

Na notícia disponível na página do diário, fala-se na “confusão causada no norte de Portugal devido à implementação num curto espaço de tempo” e “do receio que o turismo galego opte por outros destinos”.

O La Voz da Galicia considera que “será difícil que os automobilistas estrangeiros se disponham a comprar ou a alugar os dispositivos para realizar viagens esporádicas ou que se aventurem a circular sem o aparelho, podendo ser multados com sanções que terão que ser pagas de imediato”.

Da entrevista de Rodrigo Pinto Leite, o jornal destaca ainda “o aumento do custo dos transportes públicos”, o que “não fará mais do que agravar a crise económica e social do norte de Portugal”.

JNM

Notícias datadas de 2004

 Marcha-lenta contra as Portagens entupiu o IP5 durante duas horas

Duas horas e treze minutos para percorrer 23 quilómetros. A marcha lenta que ontem entupiu o IP5 >>>>

Espero que a Assembleia da República discuta a petição e que os deputados eleitos na região tenham a coragem de pôr à frente de tudo os interesses das pessoas que os elegeram", exortou Francisco Almeida

Assembleia Municipal de Viseu aprova moção contra as portagens no IP5 e IP3

A Assembleia Municipal de Viseu aprovou no dia 27 de Setembro, por unanimidade, uma moção contra a eventual cobrança de portagens nos Itinerários Principais (IP) 3 e 5, que servem o concelho

Ver todas as notícias

Sugestões e comentários para webmaster